Escolha sobre o que você quer ler

    Conheça 4 ferramentas de compliance importantes para o seu negócio!

    1024 585 RBNA Consult

    O compliance tem ganhado cada vez mais importância no mundo empresarial, principalmente depois que escândalos envolvendo favorecimento ilícito entre políticos e representantes de empresas privadas vieram à tona. Diante desse cenário, conhecer as ferramentas de compliance é fundamental.

    Muitas vezes, o termo é associado à presença de um setor jurídico na companhia, mas ele vai além disso, englobando também os processos organizacionais com suas normas e regras, com o objetivo de gerar resultados mais satisfatórios para o negócio.

    Ao longo desta leitura mostraremos 4 ferramentas de compliance importantes para o seu negócio. Acompanhe!

    O que é compliance?

    Estar de acordo com uma regra é a tradução para o termo compliance, que é referente ao estado de conformidade com as normas internas de uma organização, e também com as externas.

    O objetivo do compliance é prevenir, detectar e responder a possíveis questões que envolvam desvios entre essas normas e a conduta da organização. Assim, ele é obrigatório para todas as empresas que desejam manter uma boa reputação no mercado, preservando os ativos tangíveis e intangíveis.

    Além disso, serve para resguardar os dirigentes de uma organização, em caso de não conformidade, de acordo com a Lei 12.846, também conhecida como Lei Anticorrupção.

    Além disso, o compliance é muito mais do que uma imposição jurídica. Trata-se da construção de uma cultura empresarial ética.

    Portanto, ele deve estar totalmente incorporado ao negócio, com o objetivo de engajar todos os colaboradores nessa cultura, resguardando-se de posturas inadequadas.

    Veja a seguir 4 ferramentas de compliance para você implantar na sua empresa!

    1.  Governança de TI

    Um correto gerenciamento dos dados dentro das organizações é fundamental para o sucesso das iniciativas de compliance corporativo. Isso passa pelo gerenciamento de processos envolvendo os dados da companhia e a correta gestão de equipes na área da Tecnologia da Informação (TI).

    Além da coleta e análise de dados, ainda é possível fazer personalizações relacionadas às principais demandas da organização.

    Com um bom gerenciamento de compliance ligado ao setor de TI, é possível mensurar a produtividade da equipe, por exemplo. Para tanto, são usadas aplicações e sites para acompanhar a forma como o tempo é utilizado pelos funcionários da companhia.

    2. Programas de análise de risco

    Durante o processo de análise de risco, a empresa mapeia os riscos aos quais sua atividade, setor, entre outros, está envolvida e desenvolve métodos de mitigá-los. Caso não sejam eliminados, eles devem ser acompanhados de forma sistêmica de acordo com os critérios estabelecidos por cada organização.

    Assim, é possível elevar o desempenho do negócio com auditorias e outras avaliações do gênero, o que também ajuda a evitar riscos nos âmbitos financeiras e legais.

    3. Treinamentos

    Para que todos estejam alinhados aos objetivos do compliance, que devem ser criados de acordo com os valores, a missão e os padrões da companhia, é preciso voltar os esforços aos treinamentos dos funcionários e aos públicos de relacionamento da companhia.

    Essa medida é importante para fomentar a cultura ética empresarial junto às atividades desenvolvidas pelos colaboradores.

    Dessa forma, é possível engajar os profissionais em prol de novos conceitos, condutas e princípios, levando a organização ao patamar desejado.

    4.  Certificações

    Você pode contar ainda com certificações de compliance e antissuborno. Esses são documentos que comprovam que a empresa, e seus profissionais, têm conhecimentos acerca dos temas que envolvem investigações internas, ética, corrupção, fraudes, e outros assuntos relacionados ao compliance.

    A certificação da ISO 37001 é uma maneira de dar mais credibilidade ao seu programa de compliance antissuborno. Um organismo de terceira parte, isento, acreditado pela Cgcre do Inmetro, irá realizar auditorias para checar a conformidade com os requisitos da norma e dessa forma conceder, quando aplicável, a certificação. O RBNA Consult é acreditado PELA Cgcre do Inemtro para certificar esta Norma.

    Como vimos ao longo desta leitura, implantar o compliance na empresa é um investimento necessário, e que trará benefícios para o negócio, principalmente a médio e longo prazo. Entre as ferramentas utilizadas para isso está a certificação antissuborno, ferramenta de extrema importância para a boa gestão da sua empresa.

    Se você gostou deste artigo sobre ferramentas de compliance, assine a nossa newsletter para ter acesso a mais conteúdos como este!