Escolha sobre o que você quer ler

diversidade na empresa

Diversidade nas organizações: por onde começar?

1024 614 RBNA Consult

Como disse Tom Peters, guru da administração, a maioria das empresas é composta por homens brancos de meia idade vestindo calças de poliéster. O problema disso é que todos eles pensam da mesma forma. Se você tem 10 chefes que pensam igual, você só precisa de um!

Recentemente, a LEC – Legal, Ethics and Compliance, lançou oficialmente mais um pilar do programa de integridade: a diversidade. Muitos ainda se questionam e enxergam este pilar como um custo. Mas de acordo com o estudo da McKinsey “A diversidade como alavanca de performance”, organizações com diversidade de gênero em cargos executivos tem 21% mais chances de ter lucro acima da média em relação as organizações com pouca diversidade. Se tratando de diversidade étnica, esse número aumenta para 33%.

Neste post vamos explicar o que é diversidade nas organizações e trazer dicas práticas de como promover a diversidade e inclusão nas empresas. Vamos lá?

 

O que é diversidade nas organizações?

A diversidade é um conjunto de características que diferenciam as pessoas, tornando-as seres singulares. Sendo assim, podemos dizer que ela é representada por alguns exemplos abaixo como:

  • orientação religiosa, sexual e de gênero;
  • costumes e hábitos;
  • nacionalidade e naturalidade;
  • idade;
  • etnia;
  • pessoas com deficiência (PCD);
  • histórico de vida diferente do habitual, como no caso dos ex-presidiários.

A pluralidade dentro de uma organização deve fazer parte de sua cultura, ou seja, deve estar institucionalizada. Alguns exemplos práticos são as vagas destinada às contratações PCD, a comemoração de datas importantes para a comunidade LGBTQIA+, até mesmo a contratação sem a influência da imagem com o recrutamento às cegas.

 

Dicas para promover a diversidade na sua organização

 

Ouça os colaboradores

Não basta apenas conhecer o colaborador de forma quantitativa. É necessário conhecer as dores desses colaboradores. Será que eles já se sentiram discriminados dentro da empresa? Os colegas de trabalham fazem piadas ofensivas, mesmo sem intenção, nos corredores e no refeitório?

Tome conhecimento do que acontece longe dos seus olhos, só assim é possível tomar uma posição adequada mediante esses fatores. Não esqueça de prever essas sanções em seu código de ética e conduta.

Sua organização ainda não é diversa? Não se preocupe, pense grande e comece pequeno. Daremos mais dicas que poderão te ajudar na busca por um ambiente mais diverso e inclusivo.

Desenvolva a sua política de diversidade

É preciso que o negócio incorpore os princípios fundamentais de inclusão. Formas de fazer isso são a revisão da forma de se comunicar, desenvolver ações afirmativas, incentivar a conscientização, promover eventos para que os aspectos multiculturais sejam contemplados com a participação dos colaboradores, mas também de seus líderes, da diretoria, do conselho etc.

Alinhe com o RH sobre as políticas de contratação

Sua política de diversidade deve ser refletida em suas contratações. Daremos 3 exemplos a seguir de técnicas de recrutamento para se alcançar um processo seletivo mais justo e diverso:

  • Criação de um anúncio inclusivo. Evite usar uma linguagem machista e imagens apenas de certo grupo de pessoas;
  • Faça a triagem de currículos e avaliação de competências online de forma que recrutador e candidato se conheçam nas últimas etapas do processo;
  • Promova a seleção as cegas para focar na atração de talentos com base nos critérios de diversidade estabelecidos na política de diversidade.

Mesmo que o caminho pareça longo em sua organização, o importante é começar. Mudanças pequenas podem gerar um impacto significativa na qualidade de vida dos colaboradores. Ouça-os, ninguém melhor do que um aliado para ajudar a desenhar uma empresa mais inclusiva e diversa.

Gostou desse post?  Assine a nossa newsletter para mais conteúdos como esse.