Escolha sobre o que você quer ler

    colaboradora apresentando trabalho para a equipe

    Gestão de stakeholders: entenda o que é e as melhores formas de aplicá-la

    1024 682 RBNA Consult

    Os stakeholders são aquelas pessoas, sejam físicas, sejam jurídicas que, de alguma forma, têm algum tipo de interesse nos negócios realizados pela sua empresa. Podem ter feito ou não algum tipo de investimento em seu negócio, podendo incluir, até mesmo, imprensa especializada, ONGs, entidades governamentais, entre outros.

    Realizar uma boa gestão desses atores em seu negócio é fundamental para conseguir entender a importância deles para a organização, mapear riscos nas relações que se estabelecem, compreender as demandas delas e realizar uma gestão de projetos que seja, de fato, eficiente.

    Mostraremos a seguir alguns passos importantes para conseguir realizar uma gestão de stakeholders eficiente. Aproveite para tirar suas dúvidas e tenha uma boa leitura!

    Saiba identificar os stakeholders

    Para realizar uma boa gestão, é preciso, em primeiro lugar, saber identificar quem são os seus stakeholders. Afinal, como você pode realizar ações eficientes se não sabe para quem são feitas?

    Esse passo determinará todos os posteriores. É importante, também, hierarquizá-los de acordo com a sua importância para o negócio. Por exemplo, os grandes investidores, clientes internos e externos, cargos de alta gerência, entre outros semelhantes, são os que têm maior importância.

    Dependendo da sua área de atuação, é preciso considerar, também, as entidades governamentais, como é o caso de empresas de óleo e gás, que trabalham com licitações.

    Posteriormente, podemos incluir as equipes relacionadas com os projetos internos, seus gestores, os membros da comunidade, mídia especializada, entre outros.

    Faça o mapeamento da influência de cada um

    Compreender como cada um dos atores impacta diretamente e indiretamente nas ações do seu negócio é fundamental, para saber de que forma eles estão engajados com a sua empresa e de que modo agir perante cada um deles.

    Observe como cada um deles impacta os projetos e quais não agem de forma direta. Aqueles que interagem de modo mais próximo com as ações internas precisam ter um melhor gerenciamento de relacionamento, compreendendo suas necessidades e entendendo de que forma a organização pode contribuir para atender suas expectativas.

    Outro ponto é compreender quais são os stakeholders com maior participação de recursos em seu negócio e de que forma esses valores serão utilizados internamente em seu negócio.

    Monitore e fortaleça o relacionamento com os stakeholders

    Agora que você sabe quem são seus stakeholders e, principalmente, de que forma eles influenciam seu negócio, é hora de fortalecer esse vínculo com esses atores.

    Para isso, é importante ter estratégias de estreitamento de relacionamento, ou seja, aproximar da organização aqueles que “abraçaram a causa” do negócio, principalmente os investidores mais antigos.

    Isso porque, diante dessa ação, se torna possível conseguir quebrar possíveis barreiras e desafios que estejam envolvidos entre eles e o negócio, resolver incertezas e fazer com que todos contribuam de forma positiva para o crescimento da empresa. Também auxilia para que se estabeleçam parcerias entre as partes, bem como para que se tenha maior transparência com todos. Um ponto que auxilia nisso é a adoção de certificações.

    A gestão de stakeholders é fundamental para o crescimento do negócio. Afinal, o sucesso não é feito apenas do relacionamento com o público, mas com todos os atores que, de alguma forma, estão envolvidos com a organização. Por isso, não deixe de aplicar os pontos que listamos acima e melhore os resultados a longo prazo.

    Gostou deste conteúdo? Compartilhe-o em suas redes sociais e leve-o para sua rede de colegas e amigos.