Escolha sobre o que você quer ler

    Como proteger o patrimônio da empresa? 5 boas práticas para adotar

    1024 682 RBNA Consult

    Saber como proteger o patrimônio da empresa é fundamental, principalmente, em tempos de incerteza. Diante da pandemia mundial gerada pela COVID-19, cada vez mais os empresários buscam formas de conseguir minimizar os danos causados pela paralisação das atividades.

    Para isso, é fundamental contar com ações preventivas, capazes de minimizar danos e proteger o seu negócio de possíveis problemas e prejuízos. Algumas das principais serão listadas neste artigo, para tirar suas dúvidas sobre o tema.

    Aproveite a leitura e aplique essas dicas em seu negócio!

    1. Realize auditorias periodicamente

    Como a sua empresa está agindo de forma a conseguir proteger o patrimônio? Há brechas que estão permitindo perdas, avarias e ações que lesam os ativos do negócio. Questões que podem ser percebidas apenas quando é tarde demais.

    Por isso, é fundamental ter uma auditoria periódica, realizada por agentes externos, que buscarão, nas rotinas internas, contratos, acordos societários, entre outros, avaliar de que forma a atual situação pode representar um risco para o patrimônio empresarial.

    Além disso, caso ocorram riscos, os auditores auxiliam a traçar uma gestão de riscos eficiente para sua empresa, evitando maiores prejuízos futuros.

    2. Contrate um seguro

    O seguro patrimonial é feito, justamente, para proteger os principais acionistas de danos que podem gerar prejuízos para o valor patrimonial. Criado para a Pessoa Jurídica, a apólice contém todas as regras e coberturas, de forma que, em caso de sinistro, a sua empresa pode receber a indenização devida para a situação.

    O seguro patrimonial tende a proteger os seguintes pontos:

    • cobertura contra incêndio;
    • cobertura contra queda de raios;
    • cobertura contra desastres ambientais ou naturais;
    • cobertura contra roubos e furtos;
    • cobertura para pagamento do aluguel.

    3. Aposte na blindagem patrimonial

    A blindagem patrimonial é uma forma de assegurar os bens da pessoa física, protegendo-os de possíveis dívidas da empresa que possam gerar problemas para os sócios do negócio. Com isso, é possível proteger seus bens e capital diante de adversidades que afetem a Pessoa Jurídica. Além disso, questões de ordem pessoal também causam problemas patrimoniais.

    Algumas dicas para esse fim são:

    • criação de holdings patrimoniais;
    • doação de bens para herdeiros em usufruto do empresário;
    • matrimônios com separação de bens ou uso de união estável;
    • uso de seguros empresariais;
    • adoção de fundos exclusivos.

    4. Tenha atenção à escolha da estrutura empresarial

    A estrutura organizacional é fundamental para deixar claro quem é responsável por quais funções, individualmente. Problemas desta natureza podem gerar complicações futuras.

    Por exemplo, nas sociedades limitadas, na qual há a obrigatoriedade do Contrato Social, é definida a responsabilidade de cada sócio, incluindo a participação na empresa, considerando tanto os benefícios quanto os ônus em caso de dívidas. Sendo assim, se torna mais claro para todos os envolvidos as questões fundamentais sobre este tema.

    5. Invista em gestão anticorrupção

    Muitos gestores desvinculam a ideia de proteção contra a corrupção de proteção do patrimônio. Porém, isso é um erro. Ações ilícitas dessa natureza podem colocar em xeque o seu negócio, seja pelos atos em si, seja pelas sanções sofridas diante das auditorias legais ou ainda pela imagem da organização no mercado.

    Para evitar danos desta natureza, é fundamental investir em uma gestão anticorrupção, adotando, principalmente, o compliance em seu negócio. Ele é responsável por implementar medidas que visem deixar sua empresa em consonância com os dispositivos legais vigentes atualmente, minimizando não só o risco de corrupção, mas também questões que podem gerar outros tipos de punições e sanções.

    A gestão anticorrupção, além de gerar proteção patrimonial, é fundamental para manter a sua empresa agindo com lisura, algo fundamental nestes tempos, em que os clientes valorizam a honestidade para realizar suas aquisições e parcerias.

    A certificação ISO 37001, por exemplo, além de ajudar a proteger o patrimônio da empresa nessas situações, também permite maior transparência nas ações internas, minimizando problemas.

    Quer adotar as medidas desta certificação em seu negócio? Entre em contato com a gente e tire suas dúvidas sobre o tema!